Jan 09, 2015

“Eles mataram pacifistas”, Patrick Pelloux, cronista sobrevivente do Charlie Hebdo | euronews, mundo

Patrick Pelloux, médico, membro da equipa do malogrado semanário francês, escapou à morte porque chegou uma hora atrasado à reunião de redação. Uma situação prevista que lhe permitiu sobreviver mas perdeu uma equipa de trabalho: “Eles mataram pacifistas. Eles mataram pessoas que eram, extremamente, tolerantes e que tratavam todas as religiões da mesma forma. Por isso caricaturavam todas…

Proceed to the page: http://linkis.com/g9Mki
0/120